Castly Talk: Fotografia de Moda em tempos de Corona I @TomBarreto


Campanha Digital para a Anacê

Oi Tom! tudo bem? Primeiramente, poderia começar nos contando um pouco sobre você? Eu sou Artista Visual e Fotógrafo de Moda, trabalho principalmente com audiovisual e direção de arte desde 2014. Sou de Taubaté no interior paulista e sou formado em Estudos Artísticos pela Universidade de Coimbra. Qual você considera ser a sua característica mais marcante como profissional? Acho que o mais move todo meu trabalho e também minha vida (não que ambos não estejam totalmente ligados), é a verdade das coisas, seja no sentido de assumir um fio/uma tomada/um rasgado que esteticamente não esteja "funcionando" para a cena ou seja no sentido mais subjetivo que a palavra pode alcançar permitindo que o set seja um ser vivo (ou seja "de verdade" e não artificial), na prática faz com quem todo mundo tenha voz na concepção de um trabalho.

GIF para a Anacê

O que você acredita que essa pandemia tenha trazido de novo para as pessoas e para o mercado artístico em geral?

Acho que consciência pode ser visto (pelo menos por mim) como uma das tantas palavras que essa pandemia trouxe a tona (não que consciência já não tenha sido um tema vigente porem agora ele veio com uma força indescritível, o planeta está gritando). Com isso, é essencial o repensar de todo um processo que procura um esgotamento (tanto do planeta como do ser) e visualizar dessa forma um novo mundo, que de fato já está acontecendo queira nós ou não, não existe "voltar ao normal".


Como você vem se reinventando como artista durante o Corona?


Reinventar tem sido uma palavra diária. Eu assinei uma campanha para a anacê em que fiz tudo por FaceTime, e tenho feito alguns ensaios autorais dessa forma, outro que fiz nesse momento de quarentena foi matéria na Caras , eu tenho estudado muito sobre luz e revisitado trabalhos antigos, tem sido um momento para experimentar e sair totalmente de alguma zona de conforto que eu fui criando com o tempo.


Monique Bourcheid em FaceTime Autoral

É possível continuar criando conteúdos incríveis de casa?


Super possível, acho que basicamente não há lugares "impossíveis" para a arte/criação e inclusive acho que esse é o grande Q de ser artista, a possibilidade de viver e transportar um mundo para as pessoas e passar sensibilidade dessa forma.


Se você pudesse escolher ter um super poder agora, qual seria e por que? Essa me pegou, fiquei um bom tempo pensando! hahaha eu acho que sinceramente eu preferia pedir algo como "todas as pessoas poderem ter um único pedido" ou algo do tipo, eu morro de vontade de voar, mas não acho que sentimento egóicos devem me mover ainda mais nesse momento atual e social.



Ana Hikari em FaceTime Autoral


Se você pudesse dar um conselho para profissionais que estão ingressando na sua área agora, qual seria? Sinceramente eu acho que o melhor conselho que eu posso dar é "se joga", não há nada melhor que estar imerso e presente de corpo e alma inteira em algo, faz toda a diferença tanto no processo quanto na realização e outra coisa é, continue estudando, leia muito, assista filmes, bagagem e referência é teu diferencial e o que tu viveu ninguém tira de você.




0 comentário